Tragédia em Petrópolis: Radioamadores prestam apoio

Tragédia em Petrópolis: Radioamadores prestam apoio

A tragédia causada por uma tempestade em Petrópolis há 2 dias já contabiliza mais de uma centena de vítimas fatais. Foi um volume muito grande de chuva, 240 mm, em cerca de duas horas, a pior desde 1932.

Nesse momento, um grupo de radioamadores organizados e treinados para atuação em emergência foi acionado, a ROER Rede de Operações de Emergência de Radioamadores, de Petrópolis, com grande atuação em outras tragédias na região.

Veja abaixo o relato do PY1ZV Fábio Hoelz, de como foi a atuação da ROER no primeiro dia do desastre.

Hoje, o Rio de Janeiro já conta com a sua REER – Rede Estadual de Emergência de Radioamadores, vinculada à Defesa Civil do Estado e coordenada pelo PY1IBM Sales Morenno. O próprio PY1ZV é o coordenador da Região Serrana 1 da REER-RJ.

Cabe à REER-RJ coordenar, no âmbito da Defesa Civil Estadual, a ação dos radioamadores, prestando apoio a redes locais como a ROER, que é ligada à Defesa Civil Municipal. A RENER, é o órgão de congregação das redes estaduais. Assim, estamos todos juntos, falando a mesma língua e agindo em consonância. Os maiores beneficiados são aqueles que podem contar com o trabalho dos Radioamadores voluntários, principalmente daqueles atuando diretamente no local do desastre.

____________

Resumo do primeiro dia de operação ROER em atendimento a tempestades em Petrópolis

  • Foi instalada uma estação no comando das operações dos Bombeiros no 15°GB e enviado um operador com com rádio portátil para o Comando de Ações Civis na sede da Defesa Civil e para o posto Avancado dos bombeiros na região do alto da serra.
  • Em um segundo momento foram ativadas uma estação na sede da Defesa Civil com operador avançado com a liderança e comando das ações, e outra no posto avançado de comando na região do Alto da serra, como momento de melhora e estabilização das comunicações e melhora dos sinais através do sistema de  GO-BOX e antena base e lançado operador avançado com as equipes de resgate.
  • Lançado estação portátil no IML e Hospital Municipal Alcides Carneiro.
  • Foram utilizadas para as comunicações dois sistemas de repetidoras: uma de VHF e outra de UHF localizados no Morro da Bandeira. Ambas são de manutenção e propriedade da ROER e todo tráfego não emergencial foi sendo direcionado para o Repetidor da ARP de VHF, também na mesma localidade.
  • Além dessas ações tomadas, a ROER está a cargo da manutenção do sistema privado da Prefeitura em VHF que está atendendo as demandas da Guarda Municipal, Companhia Petropolitana de Trânsito, Secretaria de Defesa Civil e Secretaria de Saúde.
  • O Tráfego foi relativamente pequeno durante toda a operação especialmente no período da tarde, quando os sinais de celulares foram restabelecidos na região de crise.


Pessoal envolvido nas operações:

NOS POSTOS E COORDENAÇÃO:
ROER
  • PY1ZV FABIO
  • PY1TF CLAUDIO
  • PY1RAT FERNANDO
  • PY1PAZ IRENE
  • PU1RUK ROGERIO
  • PU1THE FERNANDO
  • PU1LOO EDGARD
  • PU1YQZ SERGIO
  • PU1JEE GILBERTO
  • PU1YKZ BORGES
  • PU1NIF ROGERIO
Em apoio
  • PY1WZ VALERIO
Defesa Civil de Caxias
  • PY1LIF ANGELO
____________

Resumo do SEGUNDO dia de operação ROER em atendimento a tempestades em Petrópolis

  • Foram efetuadas melhoras na estação no comando das operações dos Bombeiros no 15°GB com a chegada do apoio do GRATE – GREMIO DE RADIOAMADORES DE TERESÓPOLIS, e também na estação na base avançada no Bairro Alto da Serra com uma antena para UHF dando agora a operacionalidade 100% em todos os repetidores e ponto a ponto disponíveis do sistema ROER para a operação.
  • Lançado uma nova estação semi portátil para atendimento à Defesa Civil Estadual.
  • Foi desmobilizado  operador do IML por restabelecimento das comunicações modais com o órgão
  • Mantida a estação na comunidade do Vila Felipe.
  • A conduta continua sendo a de utilizar para as comunicações dois sistemas de repetidores, um de VHF e um de UHF lincados, localizados no Morro da Bandeira, de manutenção e propriedade da ROER, e todo tráfego não emergencial foi sendo direcionado para o Repetidor da ARP de VHF também na mesma localidade.
  • Foram lançados em vários momento radioamadores desdobrados junto com equipes de Bombeiros nas localidades do Alto da Serra.
  • No entardecer o fornecimento de energia no Morro da Bandeira foi descontinuado devido a uma forte descarga elétrica que também retirou do ar a estação repetidora da Prefeitura de Petrópolis, sendo que o acesso ao local para manutenção está bloqueado por duas barreiras e por um poste de energia tombado, essa região é sensível pois concentra todos os links de Internet, transmissores de Radio e TV e repetidores  dos serviços públicos (bombeiro e Policia Militar) e privados. Está programada a subida de uma missão composta com equipe de retroescavadeira, manutenção da Concessionária de energia e da ROER para tentar restabelecer o sistema da prefeitura Municipal.
  • Neste segundo dia, mesmo com serviços modais restabelecidos para boa parte do município, o tráfego foi intenso devido as necessidades logísticas dos pontos apoiados pela Rede de Radioamadores. O sistema se mostrou muito eficiente e com maior rapidez nas respostas das solicitações que as efetuadas pelos meios padronizados (Whattsapp, telefonia celular) o que gerou este grande fluxo.
Equipe do dia:
  • PY1ZV FABIO
  • PY1TF CLAUDIO
  • PY1IR FABRICIO (PERNOITE)
  • PY1LIF ANGELO (PROCESSO APEL) (PERNOITE)
  • PY1RI RICARDO
  • PY1CG CARLOS (GRATE) (PERNOITE)
  • PU1YQZ SERGIO
  • PU1ROE JACI (PERNOITE)
  • PUTHE FERNANDO
  • PU1JEE  GILBERTO
  • PU1TOA TIAGO
  • PU1LOO EDGAR (PERNOITE)
  • PU1NIF CABRAL (PERNOITE)
  • PU1OLT ROBERTO

Comentários (2)

  • Carlos Alberto Santamaría González, CO2JC. Reply

    Muy buen trabajo, así debemos estar siempre los radioaficionados en los desastres: al lado de nuestras comunidades ayudando a los grupos de rescate y salvamento. Les deseamos éxitos y al mismo tiempo enviamos nuestras condolencias para los familiares y amigos de las personas fallecidas. Un abrazo fuerte.

    Carlos Alberto Santamaría González, CO2JC.
    EmCor de la Federación de Radioaficionados de Cuba
    EmCor de IARU-R2.

    18 de fevereiro de 2022 at 12:13
  • Renato Reply

    Parabéns a todos os envolvidos nessa hora difícil.

    18 de fevereiro de 2022 at 14:09

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Skip to content