LABRE reúne-se presencialmente com membro do Conselho Diretor da ANATEL

LABRE reúne-se presencialmente com membro do Conselho Diretor da ANATEL

A LABRE reuniu-se em Brasília nesta quarta-feira (16/02), com a ANATEL. Na reunião presencial, compareceram o Presidente da LABRE, Marcone Cerqueira PY6MV, o 1º Vice-Presidente da LABRE  Roberto Pereira PT7YV, o membro do Conselho Diretor ANATEL, Conselheiro Vicente Aquino, a Chefe de Gabinete Léa Fonseca e, como convidado, o Presidente da LABRE-DF, Gustavo Franco PT2ADM. Esta foi a primeira reunião presencial que tivemos com a ANATEL desde que se iniciou a pandemia da COVID-19.

Na ocasião, foi feita uma breve exposição sobre  o que é a LABRE e o Radioamadorismo, bem como sua atuação em diversas áreas. Foi ressaltado que o Radioamadorismo no Brasil deve estar alinhado com os preceitos e princípios que norteiam o serviço internacionalmente, onde o serviço é tratado de forma diferente de outros serviços, já que nossa natureza é experimental, educacional, sem fins pecuniários, com singularidades e especificidades, inclusive de apoio as comunicações emergenciais.

Em seguida, foram apresentadas as principais demandas que hoje temos com relação à ANATEL: Participação na Revisão da Resolução 449/2006, simplificação do processo para acesso ao serviço e a área das homologações.

O Conselheiro Vicente Aquino ouviu atentamente a exposição e nossas demandas e anunciou que dará os encaminhamentos devidos aos setores responsáveis por cada uma delas. Em breve, teremos mais detalhes sobre o resultado desta reunião.

 

Comentários (10)

  • Alexandre Souza, PU2SEX Reply

    Ia ser muito legal se a ANATEL entendesse o quao as leis brasileiras que regem o radioamadorismo estao desconectadas do radioamadorismo mundial…

    16 de fevereiro de 2022 at 19:23
  • Benedito Oliveira do Nascimento Reply

    Boa noite meu nome é Benedito Até que enfim uma notícia boa né

    16 de fevereiro de 2022 at 19:38
  • Acacio Martins Reply

    Muito bom saber que há movimentos em prol da agilidade em se tornar rádio amador.

    Precisamos e muito que a agilidade se faça presente, principalmente aqui no estado de São Paulo.

    16 de fevereiro de 2022 at 20:29
  • Rafael Vargas Reply

    Quais foram as nossas demandas? Reportagem muito vaga.

    16 de fevereiro de 2022 at 20:41
    • Assessoria de Comunicação Reply

      Estão no texto. Porém, os detalhes serão conhecidos tão logo tenhamos respostas.

      16 de fevereiro de 2022 at 23:00
  • Marcos rogerio de oliveira Reply

    Parabéns a Labre DF e o início o começo de debater e dialogar sobre o que afeta e atrasa o Radioamafor se promover de classclasse fazendo provas lpresenciais para ser Classe B ou quem já E Classe C a .ais de 6 Anos fazer prova direto para ser Classe A (vai ser PY)fazendo prova da .es.a regra é notmas da ANATEL sem o CW com outra matéria no lugar do CW a solução é debater dialogar e solucionar a resolução
    Tá nascendo o entendimento obrigado LABRE forte 73 de PU1MRG Marcos

    16 de fevereiro de 2022 at 22:52
  • Yuri Dultra Reply

    Vejo quase sempre comentários negativos de Radioamadores que não se filiam a Labre ou não cumprem com sua contribuição. Enquanto não entenderem que somente a Labre representa o Radioamador no Brasil ficaremos a olhar só para o próprio umbigo.

    18 de fevereiro de 2022 at 15:32
  • Edmilson Bernardino Pereira Reply

    Bom dia , foram ouvidos os Radioamadores para elaborar estas demandas encaminhadas a ANATEL , ou foi a Diretoria da Labre que elaborou?

    21 de fevereiro de 2022 at 10:12
    • Assessoria de Comunicação Reply

      As demandas foram reunidas e apresentadas com base no que a LABRE tem discutido com a ANATEL nos últimos meses e também de acordo com o que temos recebido de colegas de todo o país pelos nossos canais de contato.

      21 de fevereiro de 2022 at 12:29
  • ARMANDO GALIZIA NETO Reply

    Aguardando as novidades e torcendo por melhorias.

    9 de março de 2022 at 17:11

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Skip to content