LABRE publica nova edição de estudo estatístico sobre o Radioamadorismo no Brasil

LABRE publica nova edição de estudo estatístico sobre o Radioamadorismo no Brasil

Ricardo Benedito, PY2QB

Já está disponível no site da LABRE a mais nova edição, atualizada com dados de 2022, do estudo estatístico elaborado pelo colega Ricardo Benedito, PY2QB. Desde 2020, em sua primeira edição, temos publicado este excelente e inédito estudo que ajuda a lançar luz sobre a realidade brasileira no que se refere ao radioamadorismo.

Assim como os seus antecessores, o presente estudo toma como base os dados oficiais disponibilizados pela ANATEL no Portal Brasileiro de Dados Abertos e em sítios próprios. Para compor o estudo, estes diversos dados foram reunidos, filtrados, cruzados e estruturados por Ricardo, que tem experiência na área.

Dentre as conclusões, a mais óbvia é que o número de radioamadores aumentou no Brasil desde o ano passado. Quase 1000 novos colegas hoje estão modulando nas nossas faixas, perfazendo um crescimento da ordem de 2,2% e rompendo a marca de 40 mil radioamadores em julho de 2022.

O estado com maior número absoluto de radioamadores continua sendo São Paulo, com mais de 10 mil. Já o estado com maior densidade de radioamadores, também permaneceu o mesmo: Paraíba, que conta com mais de 45 radioamadores por 100 mil habitantes. Já em relação a cidades, São Paulo lidera com 2430 colegas paulistanos, seguido por Rio de Janeiro com (1521) e Fortaleza (1447).

O estudo também mostrou que a predominância da classe C frente ao número total de radioamadores continua, mas com leve diminuição: 70%. Em 2021, era 71%, o que mostra que muitos colegas fizeram a promoção de classe, embora esta distribuição esteja muito longe da ideal. Outro dado que mostra uma profunda desigualdade é a porcentagem de radioamadoras: apenas 6%, frente a 94% de operadores do sexo masculino. Em 2021, a porcentagem era de 7%.

Falando de estações, o estudo mostrou uma variação de 5%, passando de cerca de 60 mil em 2021 para mais de 63 mil em 2022, dentre estações móveis, fixas, repetidoras, beacons e terrenas. Destas, mais de 17 mil se encontram no estado de São Paulo. Novamente, o estado com maior número de estações frente a sua população é a Paraíba, com 66,4 estações para cada 100 mil habitantes.

Para ver todos os detalhes e baixar o estudo na íntegra, basta acessar o seguinte link:

https://www.labre.org.br/wp-content/uploads/2022/08/RADIOAMADORES-3a-EDICAO.pdf

RADIOAMADORES-3a-EDICAO

Comentários (12)

  • João Ribeiro Reply

    Parabéns pelo trabalho realizado. São informações úteis e importantes para nós radioamadores. 73 João Ribeiro PY2PM.

    29 de agosto de 2022 at 23:07
  • Maurici A. Franco Reply

    Parabéns Ricardo(QB) pelo seu empenho sobre Radioamadorismo é uma Satisfação VC fazer parte do nosso Grupo..

    30 de agosto de 2022 at 09:09
  • Paulo Gasparini Reply

    Parabéns

    30 de agosto de 2022 at 09:12
    • Ronaldo Reply

      Que belo trabalho PY2QB.
      Uma curiosidade seria saber qtos radioamadores são escoteiros…. Fica pra próxima.
      73.

      30 de agosto de 2022 at 14:28
  • Alexandre Reply

    Obrigado pela sua perseverança que mostra que o RA Brasileiro continua vivo

    30 de agosto de 2022 at 13:31
  • Wilson Antônio Rodrigues Reply

    Excelente pesquisa e informação a nós radioamadores, parabéns pelo belo trabalho. Wilson
    PY2GNU

    30 de agosto de 2022 at 14:47
    • claudio wolff Reply

      Se a promocao de classe fosse modernizada,tirando este arcaico codigo morse que ninguem na pratica usa a nao ser alguns saudosistas,teriamos muito mais radioamadores classe A e B.E uma vergonha nao se dar enfase ao radio amadorismo.Infelizmente tudo apoiado por uma minorua da classe A, cada vez em menos numeros.O PAIS QUE MAIS PRATICANTES TEM É USA.Vejam como la e muito diferente.

      6 de setembro de 2022 at 07:46
  • Antoni Karol dianovsky Reply

    Muito importante esse estudo nos mostrando a realidade do Radioamadorismo eu tenho contribuido para com muitos colegas auxiliando e ministrando ate aulas particulares de telegrafia acredito wue se cada um de nos pider fazer um pouco ja vsi ajudar muito .fizemos esposicao de estacao esramos junto com a LABRE RJ sempre ativando um farol participando de feiras de ciencia realmente um trabalho de formiguinha que vai surgindo efeito nos numeros apresentado .parabens Ricardo PY2QB pelo belo trabalho de PY1AX QRV .

    31 de agosto de 2022 at 15:57
  • Mamiro Yoshizawa py2dm Reply

    Parabéns PY2QB muito criterioso

    1 de setembro de 2022 at 03:13
  • Moraes Reply

    Muito bem estruturada a pesquisa. Dados reais e bem trabalhado pela estatística .73

    2 de setembro de 2022 at 07:34
  • Antonio Ferreira Reply

    Excelente, parabéns a Labre, pena que não deve refletir a real atividade dos radioamadores, aqui em Rondônia poucos estão ativos.

    2 de setembro de 2022 at 16:58
  • Orestes Henrique Reply

    Perfeito, excelente pesquisa e trabalho realizado, muito obrigado por sua disponibilidade !

    6 de setembro de 2022 at 11:31

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Skip to content