LABRE reúne-se com ANATEL sobre provas online

LABRE reúne-se com ANATEL sobre provas online

Por Edson Pereira, PY2SDR e Alisson Teles, PR7GA

A ANATEL solicitou neste mês de maio uma reunião com a LABRE para dialogar sobre a realização das provas online, já que enfrenta problemas para atender à grande demanda de pessoas de todo o país que desejam tornar-se radioamadores ou progredir de classe. A ANATEL mencionou que conta com poucos examinadores, bem como limitações técnicas na plataforma de aplicação das provas online, o Microsoft TEAMS, que impede de avançar mais no atendimento desta demanda.

A reunião ocorreu de forma remota no dia 19/05/2021, contando com a presença de dirigentes da ANATEL e da LABRE.

Durante a reunião, a LABRE comentou que, além do problema do número pequeno de agendamentos e realizações das provas, existe um outro problema, ainda mais sério, com a atual complexidade e morosidade nos vários sistemas para o licenciamento de estações, o que tem causado muito estresse e frustração aos candidatos – a ponto de provocar a desistência de obterem seus indicativos ou licenciarem suas estações. A LABRE apresentou várias observações sobre este processo, que tem sido longo, extremamente complexo e burocrático.

A ANATEL propôs um mutirão para realização de provas e a LABRE se colocou à disposição em auxiliar na iniciativa, incluindo na aplicação das provas online ou até mesmo presenciais, se for o caso. A sugestão será apresentada ao Conselho Diretor da LABRE na próxima reunião do CD em 10/06 para apreciação.

A LABRE também comentou sobre a necessidade da revisão da Resolução 449/2006 e da revisão do conteúdo das provas para se adequarem melhor à realidade atual do radioamadorismo. A ANATEL respondeu que a revisão da principal normal que rege o radioamadorismo brasileiro está sendo trabalhada e a revisão das provas será tema de trabalho em futuro próximo.

Novas reuniões serão realizadas em breve e a LABRE divulgará os resultados dos temas tratados assim que possível.

Comentários (11)

  • RICHARD JURGEN GERHKE Reply

    Parabéns a atuação da LABRE, também a ANATEL que está flexível a conversação e adequação das provas.

    1 de junho de 2021 at 09:35
    • Alisson, PR7GA Reply

      Pois é, Richard. Creio que poucas vezes tivemos uma aproximação tão boa e uma conversa tão franca como a que estamos tendo agora. Tomara que isso resulte em melhorias para todos nós. 73.

      1 de junho de 2021 at 09:58
    • Jefferson Wegener Reply

      Só comentando mesmo e desanimando, olha eu fiz a prova online aprovado estou e com certificado fiz todos os procedimentos pedidos para obter o tão sonhado indicativo porém demorando muito não ntrei em contato e reenviei a documentação que foi pedida e até agora sem respostas, ch guei a escolher as letras mas daí endiante nada se t ntei outros contatos e nada e isso ocorre desde novembro de. 2020 e até sem respostas

      2 de junho de 2021 at 17:58
  • FABIO HOELZ Reply

    Isso a Labre somos todos nós!

    1 de junho de 2021 at 10:10
  • FABIO HOELZ Reply

    Isso a Labre somos todos nós!
    O grande gargalo hoje no radioamadorismo são os sistemas da ANATEL!

    1 de junho de 2021 at 10:12
    • Alisson, PR7GA Reply

      Precisamente, meu caro Fabio!

      1 de junho de 2021 at 10:37
  • Weslley (PU1TEE) Reply

    Excelente trabalho de buscar esse diálogo.
    Sou total entusiasta das provas online, eu mesmo consegui ser avaliado online e foi uma experiência muito boa. Quanto a questão de falta de capacidade por contar com poucos examinadores, bem como limitações técnicas na plataforma de aplicação das provas online, o presencial é, sem sombra de dúvidas um processo muito mais caro para todos os envolvidos sob qualquer avaliação séria que se faça. Outro ponto é a característica inclusiva do “online”, pois cidadãos que moram distantes, que perderiam horas, as vezes o dia todo e um elevadíssimo custo, agora pode fazer do conforto do seu lar. Tal modelo não impede a manutenção de atendimento presencial ou parcerias. Até mesmo uma pequena elevação na taxa para custear a infraestrutura tecnológica envolvida não seria uma via ruim, se houvesse modernização dos sistemas e, com isso, celeridade no processo. Aí, entramos na outra questão da matéria, a saber, a morosidade do processo.
    A ROER – Rede de Operações de Emergência de Radioamadores realizou treinamento ano passado capacitando centenas de pessoas. Todas aptas para se tornarem radioamadores. Ocorre que a burocracia é tão grande, exigindo do aspirante procedimentos em cartório, envio de documentos para Brasília, publicações em D.O.U, uma miríade de sistemas, que a maioria absoluta desistiu. Eu mesmo, ao ajudar uma colega menor de idade no processo, fui vencido por tais burocracias.
    A solução que qualquer órgão público que ser enxerga como servidor, prestador de serviço ao cidadão e não “autoridade” deveria adotar como meta nesse cenário é: Ter vagas disponíveis em período máximo de espera de uma semana, no ato de inscrição da prova o candidato informa 3 (três) propostas de indicativos e, uma vez aprovado, recebe o COER e a primeira licença. Tão simples quanto isso.

    1 de junho de 2021 at 10:33
    • Alisson, PR7GA Reply

      É isso aí, Weslley. Há um grupo no whatsapp chamado CANDIDATOS ONLINE aonde quase diariamente a gente vê os candidatos totalmente perdidos no meio dessa burrocracia e tentamos ajudar no que é possível. Vamos ver o que a ANATEL fará agora.

      1 de junho de 2021 at 10:40
  • HUMBERTO LUIS PELLEGRINI Reply

    Este ponto é crucial para a melhora acentuada do radioamadorismo no Brasil

    “A LABRE também comentou sobre a necessidade da revisão da Resolução 449/2006 e da revisão do conteúdo das provas para se adequarem melhor à realidade atual do radioamadorismo”

    1 de junho de 2021 at 11:10
  • JOSEPAULO DE CARVALHO Reply

    Meus caros

    Tenho a intenção de fazer a prova on line, classe C.

    Como posso aderir ao grupo whatsapp chamado CANDIDATOS ONLINE para obter informações em tempo real?

    No aguardo,

    18 de junho de 2021 at 20:37

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Skip to content