RENER – PT2NP Coordenador Nacional

PAULO ANTONIO OUTEIRO HERNANDES — PT2NP

Currículo  radioamadorístico

 

PAULO ANTONIO OUTEIRO HERNANDES — PT2NP

Currículo radioamadorístico

Paulo Hernandes é funcionário aposentado do Banco do Brasil S. A. (1962-1992), ex-professor do curso de Letras do UniCeub (Linguística e Língua Portuguesa) (1978-1991) e ex-assessor da Presidência da República (2003-2011). Paulista de Barretos, reside em Brasília desde 1977. Casado com a labreana Norma Mamede Hernandes há 54 anos, tem dois filhos e duas netas.

Como radioamador, foi operador da estação PY2ELP e é de PT2NP.

PY2ELP

  • Primeira licença: agosto/1967, como PY2ELP, classe B.
  • Filiação à LABRE-SP: 1967.
  • Promoção à classe A: 1968.
  • Prática de CW desde o início das atividades como radioamador.
  • Concurso do Clube dos Radioamadores Esperantistas (SP) — Terceiro lugar como PY2ELP.
  • Organizador e participante de demonstração pública de radioamadorismo em São José dos Campos (SP) — 1975.
  • Extinção da licença pelo então DENTEL em 1977 por questões burocráticas.

PT2NP

  • Nova licença em outubro de 1984, como PT2NP — Início de operações em 31.10.84. Intensificação da prática de DX.
  • Filiação à LABRE-DF — 1985.
  • Cofundador da ABRA — Associação Brasileira de Radioexpedicionários. Seu diretor-secretário desde 1994.
  • Juntamente com Jorge Lunkes (PT2HF) e Roberto Stuckert (PT2GTI), palestrante para oficiais do I Distrito Naval (RJ) sobre a operação de ZVØTI na ilha da Trindade (1995).
  • Comparecimento à Hamvention, Dayton (OH) — EUA, maio de 1996.
  • Juntamente com Roberto Stuckert (PT2GTI), palestrante no Encontro de Cedablistas, Caldas Novas (GO), 1997.
  • Representante da LABRE-DF no X Fórum Nacional da Defesa Civil — Joinville (SC), 25-27. 09.2013.
  • Participante da 79.ª Reunião do Conselho Diretor da LABRE — Guararema (SP), 2014.
  • Participante da 81.ª Reunião do Conselho Diretor da LABRE — Rio de Janeiro (RJ), 2016.
  • Membro da delegação da LABRE na Assembleia Geral da IARU, Região 2 — Viña del Mar, Chile. Outubro de 2016.
  • Participação nas seguintes DX-pedições como operador de CW:
  1. PYØB, arquipélago de Abrolhos (1994)
  2. ZVØTI, ilha da Trindade (1995)
  3. ZX6C, ilha da Coroa Vermelha (1996)
  4. ZVØMV, ilhas de Martim Vaz (1996)
  5. ZXØCW, ilhas Shetland do Sul (Antártica) (1998)
  6. ZVØSW, arquipélago de S. Pedro & S. Paulo (1999)
  7. ZY2SS, Ilhabela, ilha de S. Sebastião (1999)
  • Utilização de indicativos especiais em contestes:
  1. WPX  –   ZV2NP (27-28 mar 1993)
  2. CQWW – ZV2NP (30-31 out 1993 e 27-28 nov 1993)
  3. WWSA – ZV2NP (11-12 jun 1994)
  4. WPX  –    PV2P (28-30 mar 1997)
  5. CQWW – PV2P (24-26 out 1997)
  6. CQWW – ZX2P (28-30 nov 1997)
  7. WWSA –  PR2P (13-14 jun 1998)
  8. WWSA –  PR2P (04-06 jun 1999)
  9. Operação especial da LABRE comemorativa dos 80 anos de fundação da liga. Operador de ZZ80DF
  10. Operação especial da LABRE “Brasil, terra do futebol”. Operador de ZX14DF, jun-jul 2014
  • Conteste CQWW — Operador de CW de PT2CM, multi op. (nov 2012).
  • Diplomas conquistados até o presente: DXCC (misto e CW), WAZ, WAA, WAO, DIB
  • Cargos e funções na LABRE:
  1. Subdiretor da LABRE-SP (como PY2ELP) em São José dos Campos (SP) — 1975-1977
  2. Vice-Presidente da LABRE-DF (2013-2015).
  3. Redator do texto dos QTCs da LABRE-DF de maio/2013 a 03.05.14
  4. Aplicador de provas de CW em exames para promoção de classe — LABRE-DF, 2013.
  • Coordenador Nacional da RENER — Rede Nacional de Radioamadores de Emergência desde fevereiro de 2017.
Print Friendly

3 thoughts on “RENER – PT2NP Coordenador Nacional”

  1. Olá

    Sou inscrito na RENER com o indicativo PU7RJB. Nunca recebi uma comunicação sequer gostaria de saber em que pé está

    agradeço desde já com votos de elevada estima e consideração.

    1. Jesús e demais, não estou respondendo pelo Paulo PT2NP, mas posso te adiantar que a emissão de carteiras estão suspensas até a concretização da reorganização do setor, em função da edição do Decreto DECRETO Nº 8.980, DE 1º DE FEVEREIRO DE 2017 que criou o Departamento de Operações de Socorro em Desastres, que passa ser responsável pela RENER.
      73
      PS7DX, Ed

    2. Jesús, de fato, as carteiras de membro da RENER vinham sendo emitidas pelo CENAD, órgão da Secretaria Nacional de Defesa Civil. Agora, com a recente criação do Departamento de Operações de Socorro em Desastres, este órgão ficaria com essa incumbência. Entretanto, a LABRE iniciou conversações com a Secretaria com vistas a transferir para a liga a tarefa de cadastrar os membros da rede e emitir as respectivas carteiras. A coisa ainda está muito no início, de modo que devemos aguardar um pouco para tudo andar como desejamos. Ah, e a partir de agora vc. receberá resposta de cada msg. que nos enviar. 73 do Paulo Hernandes, PT2NP, Coordenador Nacional da RENER.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *